Sindicato em

Notícias

Notícias

Sindicato dos Médicos manifesta apoio à diretrizes do Ministério da Saúde para tratamento da Covid-19

Alinhado às recomendações das autoridades sanitárias responsáveis pela condução do trabalho de prevenção e combate à pandemia do coronavírus no Brasil, o Sindicato dos Médicos do Ceará manifesta apoio às diretrizes do Ministério da Saúde divulgadas, nesta quarta-feira (20), com o objetivo de ampliar o acesso de pacientes com COVID-19, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), ao tratamento com dois medicamentos associados à azitromicina – a cloroquina e a hidroxicloroquina – logo nos primeiros dias de sintomas. 

Leia  ainda:  

NPDM disponibiliza para médicos sugestão de protocolo para tratamento da Covid-19

Sindicato dos Médicos do Ceará manifesta apoio à nota publicada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) quanto à atuação do Ministério da Saúde no combate ao coronavírus

As orientações divulgadas pelo Ministério, amparado em diversos estudos sobre o uso da cloroquina e hidroxicloroquina no tratamento da COVID-19, orienta e uniformiza informações para os médicos que atendem na rede pública de saúde. O documento traz a classificação dos sinais e sintomas da doença, que pode variar de leve a grave; e a orientação para prescrição a pacientes adultos dos dois medicamentos. A escolha do melhor tratamento para a doença pode variar de acordo com os sinais e sintomas e a fase em que o paciente se encontra. Acesse aqui as orientações sobre o uso de medicamentos para tratamento precoce da COVID-19.

Além disso, as diretrizes preconizam que o acesso desses medicamentos só é possível por meio de prescrição médica. Ou seja, é de competência do médico, em concordância declarada por escrito pelo paciente, o uso do referido tratamento. Para tanto, o Ministério elaborou um Termo de Ciência e Consentimento para o uso da medicação.

De acordo com o Ministério, as orientações disponibilizadas também visam garantir o princípio da equidade defendido pelo SUS, respeitando o direito que os médicos têm de prescrever a medicação para seus pacientes também no serviço público de saúde – a exemplo do que já acontece nos serviços privados do país – assegurando a segurança necessária para médicos e pacientes.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

logo-sindmed-2018-branco-rodape.png

Rua Pereira Filgueiras, 2020, 9º Andar - Aldeota
CEP: 60160-194 / Fortaleza - CE
Fone: (85) 3261-4788 / 98956-5419
Email: atendimento@sindmedce.org.br
Horário de atendimento: 8h às 12h e 13h às 17h, de segunda a sexta-feira 

 

Receba os nossos Boletins de Notícias!

Não enviamos Spam! Fique atento ao seu e-mail.